COLEÇÃO DE UNIFORMES


O brasileiro é corrompido desde o nascimento?
terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Editorial Nº. Ano:

 “Vivemos não só uma crise de segurança pública em nosso estado, mas também uma crise ética e moral gravíssima que nos põe a fazer uma reflexão acerca do “jeitinho brasileiro” e sua ética aleatória”.

Por Máyra Camila Gomes Leite

Durante uma semana, a população do Estado do Espírito Santo viveu enclausurada em suas próprias casas devido à paralisação da Polícia Militar. Todos foram pegos de surpresa e cenas jamais vistas ocorreram diante de olhos assustados e câmeras ligadas.

A violência sempre existiu e nós não teríamos nos atentado somente a ela se não fosse à falta da PM nas ruas. Porém, tantos crimes não teriam acontecido em grande volume e em um espaço tão curto de tempo, se não fosse essa paralisação e a ajuda de boa parte de uma população que se dizia “de bem”.

Pessoas “trabalhadoras” e “honestas foram vistas saqueando lojas de pessoas que batalharam a vida toda para construírem algo próprio e que agora não possuem mais nada. Este fato evidenciou algo que já imaginávamos, mas que nunca havíamos visto de forma tão latente como nesses incidentes da última semana.

Vivemos não só uma crise de segurança pública em nosso estado, mas também uma crise ética e moral gravíssima que nos põe a fazer uma reflexão acerca do “jeitinho brasileiro” e sua ética aleatória. Será que somos realmente um povo honesto? Ou somos um povo oportunista? O que nos torna diferente dos que infringem a lei sempre que podem?

Nada do que acontece com os casos de corrupção em nossa política é resultado de uma simples decisão: “Hoje sou honesto, amanhã posso não ser”, não é assim que funciona. Isso é algo quase inato em nossa cultura. Nós sempre damos um jeito em tudo. Se não conseguimos pelas vias normais e justas, tentamos de outras formas.

Trocos errados, preços equivocados, celulares perdidos, objetos achados, uma loja aberta por arrombamento... Tudo isso é oportunidade! Está na hora de refletir. Para a mudança acontecer, precisamos começá-la em nós, para depois exigi-la dos outros. Recomeçando em 3,2,1... Quem você quer ser?

COMPARTILHE COM UM AMIGO
Se você gostou do conteúdo desta página e deseja compartilhá-la com outras pessoas,
preencha os campos abaixo.
Seu nome:
Seu e-mail:
Nome do amigo:
E-mail do amigo:
Mapa do site:
Institucional
Proposta pedagógica
Trabalhe conosco
Contato
Unidade Itapoã
Dentinho de Leite
CEICNEWS
Nossos Colunistas
Editorial
Galeria de Fotos
Nosso aluno, nosso orgulho
Prata da Casa
Ex-alunos
Cultural Tour
Unidade Itapoã
R. Jaime Duarte do Nascimento, 617, Itapoã - Vila Velha-ES, CEP: 29101-620
Telefone: (27) 3320-5900