Nosso aluno, nosso orgulho


Caio Kuster

06/04/2018

Caio Kuster

Nosso ex-aluno dessa edição é o advogado, Caio Kuster. Especialista em Direito Empresarial e Trabalhista, Caio ingressou no Colégio CEIC aos 10 anos, na antiga 4ª série primária, saindo somente para cursar Direito, na UFES.

Caio Vinicius Kuster Cunha, atualmente é referência no Estado na área de advocacia de franqueadoras. Um empreendedor atuante, é sócio fundador da Kuster e de Angeli advocacia, que possui escritórios no Espírito Santo e também no Paraná.  

Sua jornada de descoberta profissional começou no Colégio CEIC. Segundo Caio, quando tinha 13 anos, começou a trabalhar como bibliotecário na escola e esse fora seu primeiro emprego: “Fiquei um bom tempo aqui. O que me ajudou bastante, pois me trouxe o hábito da leitura. Hoje a leitura é um prazer para mim e isso contribuiu muito para minha formação”.

Após completar o ensino regular e se graduar em Direito, em 2003, Caio se tornou bancário. No banco, começou a desenvolver sua carreira e logo passou a comandar a área jurídica da empresa. Durante anos, trabalhou para diversas empresas e escritórios, se especializou e adquiriu mais conhecimento e experiência.

Porém, com uma carreira estável e previsível, buscando mudanças, em 2009 ele fundou seu próprio escritório e começou a empreender.

“Em 2010 me especializei muito na área de franquia e me tornei uma referência no Estado como advogado na área de franqueadoras (franchising). Hoje, represento a ABF (Associação Brasileira de Franchising), trabalho com vários segmentos dentro do meu escritório e tenho também uma filial no Paraná, em Curitiba”.

Sua experiência, a partir do empreendedorismo, o fez perceber outra missão na vida: A possibilidade de mudar vidas.

“Comecei a desenvolver um trabalho de retribuição a sociedade de tudo aquilo que eu conquistei no mercado tradicional e também pelo que eu realizei durante alguns anos. E esse trabalho que eu faço é de visitar a convite, algumas empresas e instituições para falar sobre o empreendedorismo como uma mola de mudança social”.

Ele acredita que essa mudança deve acontecer de dentro para fora e que o sucesso nasce de metas ou sonhos que tenham grande significado:

“A mudança tem de acontecer na autoconsciência, pois é isso que, de fato, vai trazer significado para que as pessoas se motivem a se transformar. Muitas vezes, as pessoas fazem as coisas por pressão social ou familiar, mas elas não encontram significado naquilo. E quando não se encontra significado é muito mais fácil desistir”.

Por isso, Caio realiza este trabalho, pois gostaria de ter despertado seu lado empreendedor há muito mais tempo e é através das palestras em instituições e escolas, que tenta motivar as pessoas a praticarem o autoempreendedorismo. Os alunos da 3 ª série do Ensino Médio participaram de uma dessas palestras e além de saberem mais sobre a experiência de vida de Caio, puderam receber dicas.

Tenho tentado promover essa cultura do autoempreendedorismo. Motivando as pessoas a terem atitudes empreendedoras com elas mesmas, seja na carreira, nos negócios ou vida acadêmica, pois fiz mestrado, duas pós- graduações, dois MBA’s e nunca, dentro da academia, isso foi despertado em mim. Então o que tenho tentado realizar nesses espaços, na UFES e aqui, no CEIC, é fazer com que as pessoas encarem essa realidade e que tenham a autopercepção de que a mudança começa por elas”.

Queremos agradecer ao Caio, por participar dessa edição do “Nosso aluno, nosso orgulho”. Por poder compartilhar suas experiências e conhecimento conosco. Nós ficamos muito orgulhosos de fazer parte de sua história!

“Nós temos de ter um plano de meta para os nossos sonhos. Para que assim, as coisas realmente aconteçam. Se o sonho tiver propósito, significado, nós realizamos. Qualquer um é capaz de fazer aquilo que sempre sonhou, se aquilo fizer sentido para ele”.

Caio Kuster